Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

• My Life As Myself •

The creator of this blog is currently trying to be a proper adult. Here, they try to figure out life through photography, writing, music and the occasional existential crisis. Enjoy.

• My Life As Myself •

The creator of this blog is currently trying to be a proper adult. Here, they try to figure out life through photography, writing, music and the occasional existential crisis. Enjoy.

reflexões

Há dezenas de projetos que pensei em começar; anunciei ao mundo, sem saber que nunca seriam mais do que fantasias. Mas há sempre um que fica preso na minha cabeça, por mais que o tente afugentar. 

Exige experiência, técnica, materiais que não possuo; e pessoas que não conheço. Mas tenho uma versão disto, ainda que limitada.

Passei horas a ler artigos e opiniões de profissionais, e decidi que não ia gastar dinheiro num programa que me ia dar o mesmo nível de capacidades que poderia atingir simplesmente metendo as mãos na massa, tal como tantas pessoas bem sucessedidas já fizeram. A internet disse que o meu dinheiro, que me custou sangue, lágrimas e suor, era melhor gasto em materiais que posso usar para praticar e ganhar experiência. No fim de contas, não é uma ciência exata; a universidade onde se estuda não é minimamente relevante comparada à experiência na indústria.

Ainda assim fico exitante, como dá para perceber pelos outros vinte textos que já escrevi sobre isto. Mas o meu problema parece sempre ter a ver com as minhas tentativas de reprimir o que quero fazer realmente. Vou dando a volta à coisa; arranjo um papel diferente na peça, porque o que quero verdadeiramente é o mais difícil de obter.

Será que se estes meus sonhos nunca passarem de hobbys, não vale a pena investir neles?  Serão menos válidos apenas porque as estatísticas dizem que as chances de suceder são microscópicas?

Se é isto mesmo que me faz feliz, talvez o sucesso não tenha a ver com fama internacional ou uma conta bancária de oito números.

jj

"I'm not gon' care if I sing off key

I find myself in my melodies

I sing for love, I sing for me

I shout it out like a bird set free"