Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

• My Life As Myself •

The creator of this blog is currently trying to be a proper adult. Here, they try to figure out life through photography, writing, music and the occasional existential crisis. Enjoy.

• My Life As Myself •

The creator of this blog is currently trying to be a proper adult. Here, they try to figure out life through photography, writing, music and the occasional existential crisis. Enjoy.

Recomeços, updates, rants, coming outs.

Há muito tempo que não venho cá. 

Estes períodos de inatividade já não são nada de novo, mas tenho pena de não manter o blog atualizado. Era uma coisa que sempre me deu prazer, ainda que não tenha muitos seguidores. Talvez isso tenha sido um factor que me desmotivou, mas ao mesmo tempo se não postar as pessoas não têm também elas motivação para cá vir.

Enfim.

Estou no segundo semestre do segundo ano de faculdade. Estou a estudar Fotografia e Cultura Visual e tenho feito imensos projetos que me dão gozo (outros nem tanto, mas faz parte). Sinto que devia de usar o blog para partilhá-lhos e também voltar a escrever, algo que não faço há muito. 

Sempre gostei de cá vir partilhar partes da minha vida, coisas que sinto necessidade de pôr cá para fora. Ajuda-me a descarregar e talvez ajude alguém a sentir que não está sozinhx.

Nesta fase da minha vida estou a tentar deixar para trás todas as merdas que me têm impedido de evoluir e de ser feliz. Estou a tentar deixar de valorizar tanto as opiniões negativas e olhares julgadores de pessoas que nem sequer me conhecem ou não têm interesse em me conhecer.

Finalmente estou a tentar ser quem sou e finalmente estou a tentar ser feliz.

Tenho vestido o que me faz sentir bem, rapei o cabelo porque me apeteceu e senti-me ainda melhor.

Assumi a minha bissexualidade e finalmente estou a assumir a minha identidade de género. Não me importa se concordam, se não gostam, se não querem saber...

Isto sou eu e já estou fartx de me esconder e de tentar ser algo que não sou e nunca serei.

O meu género é não-binário. Não preciso que o aceitem, apenas que o respeitem.

Deixo aqui um post antigo de um blog privado que criei quando o meu mundo parecia estar a desabar. Apesar de ainda ter dias complicados, estou melhor. Agora conheço mais pessoas como eu, já tenho mais referências, role models,... Agora já não me sinto tão só. Agora sinto que posso ser feliz.

5662894596030464.png

Capturar.PNG

*uma das minhas músicas preferidas de um dos meus artistas de género não-binário favoritos*